topo cmt curva azul2


INSTITUCIONAL

TIJUCAS

COMUNICAÇÃO

LEGISLAÇÃO

Câmara solicita terreno a Prefeito para construção de novo prédio

reuniao com prefeito 10.01Na tarde de terça-feira, às 14h, o presidente da Câmara de Tijucas, Elói Pedro Geraldo (PMDB), e a 1ª Secretária do Legislativo Municipal, Fernanda Melo (PMDB), estiveram em conversa com o Prefeito Elói Mariano Rocha (PSD). O motivo do encontro foi um só: reivindicar um terreno para construir o novo prédio do Poder Legislativo e reformar o atual, que se encontra em péssimas condições.

Em junho de 2016 a Defesa Civil notificou a Câmara para que apresentasse projeto de reforma e revitalização do prédio no prazo de 18 meses. De acordo com parecer emitido pelo engenheiro civil Miguel Arcanjo de Azevedo Neto, servidor da Prefeitura de Tijucas, foram constatados focos de cupim na estrutura da casa; desalinhamento das telhas; telhas quebradas; além de calhas e forros de madeira danificados.

O profissional afirmou que o piso de madeira e o revestimento (reboco) estariam comprometidos em alguns pontos, e que a rede elétrica e a rede de dados estão em desconformidade com os padrões básicos. No relatório enviado ao Poder Legislativo, o engenheiro recomendou o isolamento dos locais com forro e piso danificados até a efetiva substituição ou reparo.

Com o objetivo de solucionar essa situação, na manhã de terça-feira, o Presidente e a 1ª Secretária da Câmara entraram em contato com a Secretaria Municipal de Obras, Transportes e Serviços Públicos e constataram a existência de quatro áreas de utilidade pública que podem ser doadas ao Poder Legislativo. Ao tomar conhecimento da proposta, o Prefeito mostrou-se receptivo à ideia e disse que irá selecionar, entre as quatro áreas, a que melhor atenda às atuais necessidades da Câmara, segundo informou a vereadora Fernanda Melo (PMDB).

Com o prazo estipulado pela Defesa Civil, os responsáveis têm agora até o final de 2017 para fazer a readequação do edifício. Para que essa missão seja cumprida, os parlamentares pediram auxílio do Poder Executivo com o envio de um engenheiro para a elaboração de um laudo sobre o que deve ser feito.

Construído em 1910, o prédio da Câmara de Tijucas foi edificado com materiais tipicamente empregados à época: como paredes duplas de tijolos de barro maciço e madeira de lei. “É de extrema importância que seja feito um acompanhamento da edificação e projeto de reforma e revitalização, já que se trata de uma edificação centenária”, explicou o engenheiro civil.

Documentos digitais
1. Notificação da Defesa Civil e Parecer técnico do engenheiro civil

Por Rafael Spricigo
Assessoria de Imprensa da CMT

AddThis Social Bookmark Button

© 2013 | Joomla - v2.5 | Todos os Direitos Reservados |