topo cmt curva azul2


INSTITUCIONAL

TIJUCAS

COMUNICAÇÃO

LEGISLAÇÃO

Câmara recebe visita de atletas de Hapkidô e Taekwondo

equipe taekwondoAs equipes de Taekwondo e Hapkidô de Tijucas fizeram uma visita à Câmara de Vereadores no último dia 6 de novembro, durante a primeira sessão ordinária do mês. O objetivo do comparecimento foi compartilhar os resultados alcançados pelos atletas, que conquistaram excelentes posições nas últimas competições que participaram.

Ao falar sobre o projeto de Taekwondo, o Sr. Vandeir Fugazza contou que a associação conta hoje com seis atletas entre os primeiros colocados do ranking nacional, e que a partir de 2018 passarão a receber a chamada Bolsa Atleta, do Governo Federal. Segundo o mestre, a associação participou de uma competição nacional com 31 atletas, e teve um resultado extremamente positivo: 20 medalhas de ouro; 5 de prata e 4 de bronze.

Com a pontuação, a equipe conquistou a segundo colocação no campeonato, superando equipes como São Caetano e Santos, consideradas potências no esporte. “Isso é fruto dessa garotada, que treina duro de segunda à sábado. Esperamos que em 2018 continuemos com essa parceria e contando com o apoio dos senhores”, contou Fugazza.

Ele também aproveitou a oportunidade para agradecer. “Graças ao Município conseguimos um ônibus para ir à Londrina competir em um campeonato que valia pontos no ranking brasileiro. Esperamos que em 2018 continuemos com essa parceria e contando com o apoio dos senhores”, disse.

Representando a equipe de Hapkidô, o mestre Antônio Miranda também apresentou seu projeto e resultado aos parlamentares. Segundo ele, o projeto atende hoje cerca de 150 crianças, com aulas nas terças e quintas-feiras, em dois horários: um pela manhã e outro à tarde – além dos reforços às terças e aos domingos.

“Este é um projeto de inclusão social, de disciplina. Nós buscamos os alunos dentro da escola e na rua para praticar o esporte”, disse. Conforme explicou aos vereadores, o objetivo principal da proposta é melhorar o desempenho dos atletas em sala de aula, incutindo disciplina e valorização dos laços familiares. Tanto é que, para trocar de faixa, os atletas precisam ter boas notas na escola.

“Para o atleta fazer a troca de faixa é preciso apresentar boas notas na escola. Nos campeonatos também faço uma seleção entre os mais disciplinados. O atleta pode saber dar mortal e saltar na parede, mas se não tiver boas notas e disciplina dentro da escola e com os pais, ele não viaja comigo para os campeonatos”, explicou.

Mestre Miranda ainda conta que a equipe teve um ótimo desempenho no Campeonato Sul Americano de Hapkidô, com nove campeões, um vice-campeão e a conquista de um terceiro lugar.

taekwondo hapkido conjunto

AddThis Social Bookmark Button

© 2013 | Joomla - v2.5 | Todos os Direitos Reservados |