topo cmt curva azul2


INSTITUCIONAL

TIJUCAS

COMUNICAÇÃO

LEGISLAÇÃO

119 cidades estão no Mais Médicos

O Programa Mais Médicos registrou 119 municípios de Santa Catarina na penúltima lista de inscritos na iniciativa do governo federal. O número equivale a 34% das cidades do Estado. Em contrapartida, de uma lista de 39 municípios considerados prioritários, apenas 59% tinham se cadastrado.médicos

Estava de fora da lista, inclusive, o maior município catarinense: Joinville. Dos três maiores, apenas Florianópolis consta como inscrito. Blumenau também está fora. Do total de inscritos, são 23 os municípios que estão nas regiões catarinenses de maior vulnerabilidade social e consideradas prioritárias. A assessoria de imprensa do Ministério da Saúde não confirmou se outros municípios catarinenses considerados prioritários se inscreveram durante o último dia, se limitou a afirmar que a lista final será divulgada hoje. Lançado pela presidente Dilma Rousseff no dia 8 de julho, o programa pretende levar mais médicos – brasileiros ou estrangeiros – às regiões carentes, em especial os municípios do interior e na periferia das grandes cidades. Todos os municípios do país podiam participar, ao indicar as unidades básicas de saúde de suas regiões em que havia mais falta de médicos. – Estamos fortalecendo a atenção básica, que é capaz de resolver 80% dos problemas de saúde sem a necessidade de recorrer a um hospital – disse o ministro da Saúde, Alexandre Padilha.

No Brasil, 2.552 municípios aderiram ao programa até o penúltimo dia de inscrições, o equivalente a 45,8% das cidades brasileiras. Do total, 887 (34%) estão em regiões de maior vulnerabilidade social. A região Nordeste registrou o maior número de inscrições, com 867 (34%) municípios participantes. O Sudeste contou com 652 municípios participantes e o Sul, 620. Norte e Centro-Oeste registraram 207 e 206, respectivamente.

* Diário Catarinense

AddThis Social Bookmark Button

© 2013 | Joomla - v2.5 | Todos os Direitos Reservados |