topo cmt curva azul2


INSTITUCIONAL

TIJUCAS

COMUNICAÇÃO

LEGISLAÇÃO

Lista definitiva de SC tem 34 estrangeiros

Em Santa Catarina haverá mais estrangeiros do que brasileiros atuando pelo Mais Médicos, do governo federal. É o que aponta a lista definitiva da primeira seleção do programa. No total, serão 63 profissionais para atender pacientes de 35 cidades – 34 deles graduados fora do país, principalmente na Argentina e na Espanha.imagem-ilustrativa-medicos-estrangeiros-1372466159158 300x300

A previsão é de que os médicos do exterior estejam aptos para as consultas a partir da segunda quinzena de setembro. Dos estrangeiros, 70,4% escolheram os municípios da faixa litorânea do Estado – enquanto que apenas 20,6% prestarão atendimento em municípios do Oeste, Extremo-Oeste e regiões do Planalto. Entre os profissionais brasileiros também selecionados pelo Mais Médicos, a diferença é ainda maior: 86% optaram por trabalhar na área mais próxima do litoral catarinense.

– Temos duas constatações óbvias: esse programa não tem vínculo trabalhista, o que explica o desinteresse dos médicos brasileiros, e a faixa litorânea é a que tem mais estrutura, os profissionais não querem ir para lugares onde não há estrutura – analisa Cyro Soncini, presidente do Sindicato Médicos de Santa Catarina (Simesc).

A lista divulgada ontem pelo Ministério da Saúde deixou de fora quatro municípios que haviam sido incluídos no programa na pré-divulgação. Todos localizados no Extremo-Oeste (Dionísio Cerqueira, Paraíso, Princesa e Tunápolis), que receberiam como reforço um médico cada.

* Diário Catarinense

AddThis Social Bookmark Button

© 2013 | Joomla - v2.5 | Todos os Direitos Reservados |