topo cmt curva azul2


INSTITUCIONAL

TIJUCAS

COMUNICAÇÃO

LEGISLAÇÃO

Câmara de Vereadores de Tijucas debateu a delicada situação de segurança pública no Município

A Audiência pública foi proposta pelos Vereadores Sérgio Murilo Cordeiro- Serginho e o Vereador Eder Muraro por meio do Requerimento nº. 253/2013.

Na noite desta segunda-feira (18) a Câmara de Vereadores realizou uma audiência pública para debater a segurança pública no município de Tijucas, proposta pelos Vereadores Sérgio Murilo Cordeiro-Serginho e o Vereador Eder Muraro por meio do Requerimento nº. 253/2013.

“O objetivo é ouvir a comunidade quanto aos assaltos que tem acontecido na cidade, segurança nos comércios, policiamento comunitário, falta de efetivo, da Polícia Militar e civil, dentre outras questões que afetam a população”.

Foram convidados para o debate: autoridades do Executivo, como Secretários Municipais, Representantes da Polícia Militar, Polícia Civil, Secretário de Segurança Pública; dentre outras entidades e representantes da sociedade civil organizada.

Segundo o proponente – Vereador Serginho, o intuito é, após ouvir as autoridades e a população presente, formar uma comissão técnica para acompanhar as ações em prol da segurança pública desenvolvidas no município. A audiência pública foi realizada das 20 horas às 23:15, no Plenário da Câmara, foi aberta a comunidade interessada.

Confira alguns pontos das falas que ocorrerão da audiência;

O Presidente, Vereador Rogérinho, abriu a audiência transmitindo informes da casa, falou sobre o concurso Público da Câmara de Vereadores, que está com edital e inscrições abertas;

Iniciou-se então a audiência impulsionada pelo Requerimento nº. 253/2013 de autoria dos vereadores Sérginho (PMDB) e Eder Muraro(DEM) que solicitava a Audiência Pública da Segurança.

O Presidente solicitou que compusesse a mesa de autoridades o Prefeito Valério Tomazi, o Capitão da Policia Militar de Santa Catarina, Jefferson Sebastião Vieira(comandante Tijucas), o delegado Dr. Pedro Henrique de P. Silva Mendes, o Tenente Wilson Ribeiro (Comandante do Corpo de Bombeiros Tijucas), Sávio da Assunção Milanez (Presidente da Subseção da OAB), comandante 12° Batalhão PM o Tenente Coronel Marcello Martinez Hipólito.

O Vereador Eder Muraro (DEM) em suas palavras colocou a preocupação com a violência, assaltos que vem crescendo em Tijucas, disse que é a favor de projetos sociais com crianças, principalmente nas áreas mais carentes: “...temos que investir em escolas, cursos profissionalizantes, escolinhas de futebol, criar um conselho de Segurança Pública...”.

O Vereador Sérginho (PMDB), questionou em sua fala: “...o que nós vereadores, podemos fazer para melhorar a segurança? em que sentido o prefeito pode ajudar para que a população se sinta mais segura?...”

Prefeito Válério agradeceu a oportunidade, parabenizou a Câmara de Vereadores, a iniciativa dos vereadores Sérginho(PMDB) e Eder Muraro(DEM). Colocou-se a disposição para contribuir no que for preciso para dar segurança a todo cidadão, todos temos que contribuir, inclusive as empresas, ressaltou o Prefeito.

Já o Delegado Polícia Dr.Pedro Henrique falou de sua chegada em Tijucas, deparou-se com alto índice de roubos e furtos, havia uma quadrilha na cidade, onda de atentados, faltava investigação, Tijucas tem um grave problema com efetivo policial, criminosos vem de fora se esconder-se nesta cidade, onde cresceu muito o índice de violência, a comunidade do Jardim Progresso é a nossa maior preocupação, tanto a polícia CÍVIL quanto MILITAR tem um efetivo muito pequeno, pedimos ajuda do Legislativo e do Executivo para que peçam a vinda de mais policiais, de viaturas, a implantação de um pátio onde possamos colocar carros e motos apreendidos, câmeras de segurança ajudam muito inibir ações de criminosos, vontade nós temos, precisamos de meios para finalizar nosso trabalho” colocou o Delegado em suas palavras. Falou ainda: Temos 11 policiais civis, é pouco, o trabalho do policial civil é investigativo, contamos com 5 viatura, apenas uma viatura em real condições de uso.

O Cap. Jefferson Sebastião, por sua vez relacionou que o problema da segurança começa nas ruas mal iluminadas, em estradas ruins, lombada mal feita.

O grande problema no Jardim Progresso é que não se sabe quantas famílias realmente tem instaladas no local, não existe controle social.

Segurança é simultaneamente, cada detalhe, quando buscamos parcerias, quando reivindicamos algo, não é pra amanhã e sim pra hoje, é imediato.

O Tenente Wilson Ribeiro falou: “...o que mais nos falta é a parte do processo humano, o efetivo é pequeno, no 14° BM Tijucas não dá nem para o começo, por conta disso pedimos ajuda do Executivo e Legislativo para que tragam pessoal para trabalhar, efetivo.

Coronel Martinez da PMSC, representou o Coronel Nazareno Marcineiro, comandante-geral da Polícia Militar de Santa Catarina, que falou que a maior dificuldade da Polícia Militar hoje é o efetivo, estamos com um concurso que acabou de encerrar, Tijucas receberá viaturas novas, estamos em uma região que está muito violenta em termos de homicídios.

Sávio Da Assunção Milanez, presidente da Subseção da OAB – Tijucas, falou que o maior problema é o Jardim Progresso, será que existe a possibilidade de termos melhor controle social da comunidade, não é somente repressão, precisa de trabalhos sociais, muito tem por ser feito, disse ele.

O morador Hélio Gama colocou em suas fala que: “...foi dado o recado hoje, nós quando votamos nos vereadores, prefeito, precisamos que falem por nós, esta na hora de cobrar a dívida com o Estado, quando instalaram o presídio aqui nos prometeram mais segurança.”

O Vereador Jean Carlos (PSC) também relacionou a comunidade do Jardim Progresso: “...O Jardim Progresso está abandonado, tem que ter estrutura, para se sentirem mais humanos, parece que são dois universos diferentes, Tijucas e Jardim Progresso, disse ele”.

O ex-vereador Wilson Desidério que teve passagem recente pela casa por ocupar suplência de vereador também fez uma fala: “...Temos que chamar os deputados para que juntos com os vereadores tenhamos força, prefeito, secretariado, OAB, todos unidos, buscando ações concretas...”.

Diogo representando Associação de Moradores Mata Atlântica, informou que em uma reunião com 25 pessoas, 20 já foram assaltadas na região, sei que outras comunidades também sofrem, mas a nossa esta muito delicada.

A Vereadora Liada (PSDB) fez sugestões diretas ao executivo:
“... O executivo tem que ter uma participação maior na segurança, na comunidade do Jardim Progresso falta planejamento, área de lazer, se não investir não vai malhorar, as secretárias da Ação Social da Educação não estão aqui, quantos imóveis do município estão abandonados abrigando drogados?...”.

Paulo Schmidt, morador e repórter falou sobre a questão de não ter onde colocar os veículos apreendidos, o Jardim Progresso continua sendo invadido, é inaceitável que o corpo de Bombeiro precisa ser acompanhado da PM para prestar atendimento na comunidade.

Vereador Tem(PP) falou sobre a vinda do presídio para Tijucas, relata que à época o único que foi contra foi o vereador Edson Bayer, o mesmo cenário se fez quanto a composição da comunidade do Jardim Progresso, “pura politicagem”. Todos somos culpados, o bairro da Praça também é um grande problema.

Vereador José Leal (DEM) questionou o executivo do por que da ausência das secretárias da Ação Social e Educação, o que esta sendo feito na questão social? - Guarda Municipal quero saber se há projeto de implantação? - Agentes de Trânsito, ocorreu o concurso, e não foram chamados, como esta a situação? - Posto Rodoviário, o terreno já foi doado, o que falta? Queremos respostas.

O Vereador Betinho(PSD), relacionou em sua fala a comunidade de Nova Descoberta, que passa por um período de assaltos, quando presos ganham a liberdade ficam soltos pela cidade, há possibilidade de levar até cidade de origem?

Já o Tenente Ribeiro falou: “...na necessidade, a população só nos vê, nós somos o Estado para estas pessoas, os Bombeiros e a PM, tem de haver um conjunto de ações, sincronizada, ações preventivas, projetos...”

O Delegado Pedro (Polícia Civil), falou que uma base de segurança na comunidade do Jardim Progresso nos ajudaria muito, mas é difícil ter efetivo. Quanto ao preso, voltar para sua cidade é um a ação em conjunto com Ação Social.”

O Cap. Jefferson falou: “...sempre vai ter vítima e criminoso, o que podemos fazer é juntos, uma ampliação dos trabalhos sociais ...”.

O Coronel Martinez lamentou: “...Infelizmente Agente de trânsito e Guarda Municipal, pela experiência que tenho não é a solução, auxiliar no controle da expansão da cidade, o real controle social, o posto da polícia Rodoviária Estadual, ajudam muito, é uma batalha permanente...”.

O Prefeito Valério respondeu alguns questionamentos feito no andamento da audiência: “...quanto ao pátio para guarda de veículos apreendidos, está em processo de licitação, o Jardim Progresso não é o único culpado pela insegurança em nossa cidade, temos outras áreas complicadas, educação chega lá sim, temos creche, saúde, iluminação,r ede pluvial, no próximo ano, pavimentação que tanto nos cobra a PM e Bombeiros e principalmente a comunidade vai chegar...”.

O Vereador Eder(DEM), encerrou sua fala afirmando que vai até o governo Estadual, Federal e buscar o que se fizer necessário enquanto Vereador, vamos conseguir algum resultado positivo...”.

Já o Vereador Sérginho(PMDB) encerrou sua fala dizendo que é fácil colocar a culpa nos outros, fomos contrário ao presídio, veio a nível Estadual, o presídio não é modelo, nunca foi, 90% voltam para a criminalidade, temos que somar esforços, o Conselho de Segurança tem que voltar a funcionar, estou satisfeito com o resultado desta noite.

O Presidente Rogérinho(PMDB) sugeriu que fossem indicados 3 vereadores para fazer parte do Conselho municipal Segurança Pública, ficaram então definidos os vereadores para formar a comissão: Paulo Sartori(PT), Lialda Lemos(PSDB), Jean Carlos dos Santos(PSC).

E foi assim encerrada a audiência pública.

A próxima sessão ordinária ocorre no dia 24/10, às 20 horas no plenário da Câmara de Vereadores.

Você pode conferir o áudio completo desta audiência pública através do endereço: http://legistj.com.br/ARQUIVO/050_sessao_18_11_2013/sessao_18_11_2013.mp3

Acompanhe também as redes sociais da Câmara de Vereadores de Tijucas:

Site: http://camaratijucas.sc.gov.br

Fan Page: https://www.facebook.com/pages/C%C3%A2mara-Municipal-de-Tijucas/129872653851668?fref=ts

Twitter: https://twitter.com/CamaraTijucas

Instagram: http://www.instagram.com/camaratijucas

Youtube: http://www.youtube.com/camaratijucas

CONFIRA AS FOTOS:

 

você também pode conferir as fotos através do facebook: clique aqui

AddThis Social Bookmark Button

© 2013 | Joomla - v2.5 | Todos os Direitos Reservados |