topo cmt curva azul2


INSTITUCIONAL

TIJUCAS

COMUNICAÇÃO

LEGISLAÇÃO

Tijucas pode ter indústria náutica após alterações no plano diretor

Até 2016 molhes devem estar prontos. Cidade é a primeira a ter um plano náutico em SC


Faça download do áudio da audiência Pública
http://legistj.com.br/ARQUIVO/052_sessao_plano_diretor_22_11_2013/sessao_camara_22.11.2013.mp3

A audiência pública realizada na noite desta sexta-feira (22) para definir alterações no plano diretor de Tijucas foi tida como um marco histórico para a cidade. As lideranças abriram a possibilidade de exploração náutica, através dos molhes da barra.

O coordenador do GT Náutico de Santa Catarina, Álvaro Ornelas, esteve presente na audiência e disse que este é o primeiro evento do Estado a ser realizado, colocando Tijucas um passo a frente.

Para o prefeito Valério Tomazi, os molhes é um sonho antigo. Ele viajou para Brasília onde esteve reunido com diretor de obras hídricas do Ministério da Integração Nacional em busca de recursos para a construção dos molhes na foz do Rio Tijucas. Tomazi ainda se diz satisfeito com as propostas de alteração do plano diretor.

O presidente da casa legislativa, Luiz Rogério da Silva, que comandou a audiência, esclareceu a importância das alterações. Ele disse que a sessão foi um sucesso, devido a grande participação de autoridades e da população.

Esse debate colocou Tijucas como a primeira cidade a ter um plano náutico em Santa Catarina. A expectativa é que até 2016 as obras dos molhes possam ser concluídos e assim a primeira indústria náutica possa ser instalada na cidade.

 

 FOTOS DA AUDIÊNCIA PÚBLICA

 

VIP SOCIAL

AddThis Social Bookmark Button

© 2013 | Joomla - v2.5 | Todos os Direitos Reservados |