topo cmt curva azul2


INSTITUCIONAL

TIJUCAS

COMUNICAÇÃO

LEGISLAÇÃO

TSE amplia possibilidade de voto fora do domicílio

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) ampliou as possibilidades de eleitores votarem em trânsito durante o pleito presidencial de 2014. Quem não estiver em seu domicílio eleitoral poderá votar para presidente em qualquer município com mais de 200 mil eleitores, além das capitais. A regra não vale para a votação de governadores, senadores e deputados.urna biometrica eleições caraúbas

Para votar em trânsito, o eleitor deverá habilitar-se perante a Justiça Eleitoral entre 15 de julho e 21 de agosto de 2014, com a indicação do local em que pretende votar. Segundo o TSE, 85 municípios tinham mais de 200 mil eleitores em novembro, incluindo as capitais. Essa lista pode mudar até maio, prazo final para a troca de domicílio eleitoral.

O TSE decidiu também que o voto será facultativo para presos provisórios --aqueles que, apesar de estarem com liberdade restrita, não foram condenados em definitivo. No total, o TSE aprovou ontem seis resoluções das eleições gerais de 2014. As decisões tratam de atos preparatórios para a votação, registro e divulgação de pesquisas de intenção de voto, crimes eleitorais e segurança de dados dos eleitores, entre outros.

* Folha de SP

AddThis Social Bookmark Button

© 2013 | Joomla - v2.5 | Todos os Direitos Reservados |