topo cmt curva azul2


INSTITUCIONAL

TIJUCAS

COMUNICAÇÃO

LEGISLAÇÃO

Colombo lidera missão aos Estados Unidos para avaliar radar meteorológico

 O governador Raimundo Colombo inicia nesta quinta-feira (9), missão oficial para os Estados Unidos. A primeira parada, em Nova York, inclui uma reunião de prospecção fechada com investidores americanos. Na sequência, o governador viaja ao Alabama para acompanhar os testes e avaliar o radar meteorológico que será instalado em Lontras, no Alto Vale do Itajaí. Colombo transfere o cargo para o vice-governador Eduardo Pinho Moreira nesta quarta-feira, em Urubici.radarmetereologico

No Alabama, a comitiva catarinense irá visitar na segunda-feira (13), na cidade de Enterprise, a empresa Enterprise Electronics Corporation, responsável pela construção do equipamento. Após os testes, o governador e o secretário da Defesa Civil, Milton Hobus, devem assinar o “termo de aceite” do fabricante, atestando que todos os requisitos exigidos estão sendo entregues.

Uma equipe da Defesa Civil, também composta por técnicos do Centro de Informações de Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia de Santa Catarina (Ciram), já está em Enterprise, onde recebe treinamento para operar e fazer a manutenção do radar.

O equipamento será enviado ao Brasil em contêineres, com chegada prevista no Porto de Itajaí. A intenção é que ele entre em funcionamento ainda no mês de março.

Radar

O radar vai fornecer dados meteorológicos para a maior parte do território catarinense. Ele ficará a cerca de 900m de altitude na área rural do município de Lontras. O equipamento será instalado sobre uma torre, que está sendo construída no alto da serra que leva a Presidente Nereu. A obra teve início em setembro de 2013 e deve ser concluída até março de 2014.

São cerca de 600 toneladas de concreto só na base para suportar a ação do evento e sustentar toda estrutura, composta pela edificação de oito andares, com 25 metros de altura, e pela bola do radar, que pesa 12,7 toneladas e tem mais de 12m de diâmetro.

O Estado está investindo R$ 5,5 milhões, do Fundo Estadual da Defesa Civil, para a compra do radar. Também foram destinados R$ 2,4 milhões para a construção da torre em Lontras e R$ 106 mil para supervisão e projeto da estrutura que irá abrigar o equipamento.

O aparelho vai permitir o acompanhamento do clima 24 horas por dia em Santa Catarina. Ainda será possível prever tempestades, granizo e chuvas intensas, além da intensidade desses fenômenos e quais cidades serão atingidas. A tecnologia oferece uma margem de tempo que pode variar de 30 minutos a três horas de antecedência. Numa situação de risco, a população poderá ser alertada com tempo hábil para se proteger ou para que as áreas possam ser evacuadas.

O radar será operado remotamente, sendo que todas as informações serão enviadas para uma central de monitoramento. As defesas civis de todo o Estado estarão interligadas com esta central e receberão rapidamente os alertas.

Missões internacionais

Esta é a nona missão oficial do governador Raimundo Colombo ao exterior. Veja abaixo balanço das missões:

2013
Rússia
China e Emirados Árabes Unidos
Japão
Alemanha e Áustria

2012
Japão e China
Estados Unidos

2011
Europa
Japão e Coreia do Sul

Em novembro de 2013, Santa Catarina conquistou uma das maiores empresas mundiais na produção de turbinas, geradores e caldeiras para a geração de energia. Durante viagem à Rússia, o governador acompanhou a assinatura do contrato de parceria entre a empresa russa Power Machines e a catarinense Fezer. O objetivo é produzir novos tipos de geradores e turbinas na fábrica da Fezer, em Caçador.

Em setembro de 2013, Colombo liderou comitiva à China e aos Emirados Árabes Unidos. Na China, o governador oficializou a parceria para a construção da fábrica de caminhões Sinotruk em Lages, na Serra Catarinense. Nos Emirados Árabes Unidos, o governador se reuniu com dirigentes do Dubai Port World, em Dubai. No Brasil, o DP World administra um terminal no Porto de Santos (SP) e estuda novos investimentos.

Em junho deste ano, o governador esteve no Japão para assinatura do acordo que garantiu a abertura do mercado japonês para a carne suína catarinense. E em maio, esteve na Europa para encontro com diretores da BMW, na Alemanha, e com dirigentes da Red Bull, na Áustria. A BMW está construindo em Araquari, no Norte do Estado, a primeira fábrica da marca na América Latina, que deve gerar mais de seis mil empregos (1,4 mil empregos diretos e cerca de cinco mil indiretos). O investimento total pode chegar até a R$ 1 bilhão. No encontro com a Red Bull, Colombo colocou o Estado para a instalação de uma fábrica da marca em Santa Catarina.

Em 2012, foram duas missões: uma para a Ásia (onde foram visitadas empresas e representantes do governo do Japão e da China para parcerias comerciais) e uma aos Estados Unidos, onde Colombo visitou o Bank of América, reduzindo as taxas de juros de transações financeiras anteriores promovidas pelo governo do Estado.

Em 2011, foram outras duas missões: uma para Europa, onde o governo iniciou tratativas com a BMW, e outra para Japão e Coreia do Sul, onde o governo fez encaminhamentos para liberação da carne suína catarinense e para a implantação no Estado de empresas como a sul-coreana LS Mtron, dona da fabricante de tratores LS Tractor. A unidade foi inaugurada em outubro deste ano, em Garuva, no Norte do Estado.

AddThis Social Bookmark Button

© 2013 | Joomla - v2.5 | Todos os Direitos Reservados |